• as últimas do twitter

  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 139 outros seguidores

Todas as variáveis!

Esta imagem eu peguei no fashionismo, ou foi na vogue, que é deste site aqui: http://shop.radbyradhourani.com/. Enfim, o que importa é ver todas as possibilidades que uma peça consegue com as peças já existentes no seu guarda-roupa.


É quase um jogo. No caso eu achei interessante a forma que o colete aparece, com blusa branca, cinza,  regata, calça branca, calça preta… As vezes precisamos de brincar assim, por isso é bom ter peças básicas (ou nem tanto, mas que possibilitem muitas variações de uso, como uma estampa, que pode casar com varias peças lisas que se encontram na estampa).


O fato do colete ser uma peça secundária, que vem para compor o visual, ele tem uma aplicação ampla em várias produções, o colete pode apenas figurar, mas tem um papel de alongar a silueta e controlar certos volumes. Por isso eu amo os coletes. Assim como os cintos, que deslocados da sua função original, fazem parte das cinturas mais espertas, que desejam um look mais romântico (marca a cintura e deixa mais feminino), reduzir o volume de determinadas peças, ou até uma certa sensualidade, dependendo do modelo e da posição.

Produções reais com Cinto:



Produções reais com colete

O fato de escrever sobre isso, sobre variáveis, vai de encontro com o que eu estou praticando, compre menos e use mais (e use tudo). Outra coisa que penso e ontem isso veio a tona, quando eu vi a Elle (Brasil/março 2010), são algumas coisas do tipo compre (pois agora é tendência), use (já está área, e ainda vale), guarde (tá fora de moda amiga, coloca no baú e espera a moda voltar).Gente, não tenho nada contra Elle, nem nenhuma outra revista. Adoro a publicação!

Levei esta reportagem para um lado mais conceitual mesmo não sendo, pois algumas coisas que são indicadas não condizem com o clima, tipo físico e relações financeiras. Como abandonar o cardigan meninas? Não posso, acho muito confortável, super dia a dia, o que não tem a ver usar spencer, que vez ou outra volta a moda, tipo de dez em dez anos. rs.

Comprar revistas de moda é bom, melhor ainda é fazer uma leitura, passa a peneira, um filtro. Ver o que você é, o que você usa, o que você gosta. E não se deixar levar por tudo que aparece, isso nao significa não comprar novidades, mas ir com a razão e de acordo com o seu gosto real.

Estabelecer uma identidade, um estilo que traduza o que você é, não sai de moda nunca.

Anúncios

4 Respostas

  1. Concordo 100%!
    Não dá pra sair indicando meia estampada pra todo mundo, quando nós brasileiras somos coxudas e com pernas mais curtas em maioria!
    Por mais que seja “ultrapassado”, uma meia preta opaca faz milagres! rs
    Adorei, vou salvar a figura aqui!
    Bjus

  2. Olha, vou confessar,

    Desde que descobri seu blog, a alguns meses atras eu tenho me controlado nas minhas compras. Eu sempre comprava roupas bonitas, mas eu acabava sempre montando um mesmo look por falta de criatividade para compor. Resultado, muita roupa encostada. Hoje penso duas vezes antes de levar uma peça pra casa, sempre verifico se a mesma combinaria com mais peças em meu guarda roupa.

    Agradeço pelas dicas do blog.
    Meu guarda roupa está muito mais versátil e despojado.

    😉

    Beijo
    Jane.

  3. Jane,

    Fico feliz, de verdade. Muitas vezes as pessoas pensam que moda = consumo, mas acredito que moda é bem estar. Não adianta ter um armário cheio e nao usar quase nada, e toda vez achar que nao tem roupa…

    Eu era assim, tinha um guarda roupa cheio, mas me prendia a produções prontas, o que me fez abrir um pouco a cabeça foi ver estes sites gringos, vendo como as pessoas repetem roupa, que elas usam uma roupa em diversas ocasiões e de formas diferentes…

    Ai passei a comprar menos, quando vou comprar algo, eu penso em 10 produções diferentes, se nao fecho 10, nao levo. Pode ser barato, quase de graça, não levo.

    E apesar de falar de moda, de mostrar moda, e de uma certa maneira incentivar um pouco este consumo, eu sempre falo e tento passar uma ideia do consumo inteligente. tento né? hehe

    Volte sempre tá? Seu comentário me fez ganhar o dia! Obrigada!

    bjs

  4. Olá Camila!

    Concordo com tudo que foi dito, tanto no post e nos comentários da meninas.
    Realmennte temos que abrir a nossa cabeça para experimentarmos coisas novas, como nos descobrir com o nosso estilo dentro das tendências, usarmos o que nos cai bem e repetirmos roupa sim, dando uma nova cara a peça cada vez que usa-la!

    bjos
    😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: