Só para dizer que fui.

Na sexta feira passada fui ao bazar multimarcas Griffe Show. Vou sempre. Levei umas coisas da Farm que queria trocar, já cruzando os dedos para achar uma camisa xadrez (que tinha na coleção passada e tals). Cheguei no Minascentro 11:30h, abria meio dia, mas queria me garantir, visto que já tinha fila na porta.

Vi pelo cartaz que não tinha a Osklen nem a Maria Filó, fiquei um pouco decepcionada.

Como sempre, a bilheteria não abriu no horário. Atrasou uns 15 minutos, que para quem está na fila e no sol é uma eternidade. Ok. Ao entrar, pedi informações de onde era o stand da Farm e o segurança só faltou babar, disse que não sabia onde era. Dei a volta no primeiro piso todo até descobrir que era no segundo andar.

Subi e já tinha fila na Farm, de aproximandamente umas 20 pessoas. O stand da Farm me pareceu menor que dos anos anteriores, e estava cheio, muito cheio. Esperei até 13:15 para entrar. Consegui o que queria e mais:

Camisa Farm Xadrez: vem com um lenço (esta coisa amarrada ao lado). Gostei muito das cores, achei que é um xadrez bonito, tinha outras mas estava muito lenhador canadense feelings. O valor? R$109,20. Era 182 reales.

camisafarm

camisafarmdetalhe

Regata de onça: desbotatinha, carinha de velha e colorida. Eu comprei esta regata, tive um aniversário surpresa, e como ela estava coma etiqueta dei de presente. Fiquei sem. Desta vez tinha no bazar e barata, era 49 ou 59 reais e passou para R$25,60. Achei digno.

regataonça

Consegui uma cortesia e voltei na segunda feira. Novamente a fila na entrada, o sol… Fui a Farm novamente e tinha só lixon. Passei na Zara e só resto. Na Equipage, uma surpresa: uma ankle boots que estava na loja da Getulio Vargas a séculos por 79 reais lá estava por 129. Para tudo né? Na Totem tinha coisas do bazar passado, não vi nada de diferente. Os demais stands eu não me senti atraida em entrar, fiquei com preguiça, fui embora.

Desta vez o Griffe Show ficou abaixo da crítica. Dificilmente voltarei nesta edição, tanto pelas marcas, pelos estoques, e muito mais pelo tratamento dado a quem vai ao evento que foi nota -2.

Quem gosta de bazar levanta a mão!

Quem não gosta de comprar roupas, sapatos, bolsas, bijuterias e afins com preços super em conta? Pois é, de volta a Belo Horizonte o bazar multimarcas Griffe Show, que já está na sua décima edição, traz várias marcas com descontos de até 75 %.

griffeshow2008

As marcas que eu consegui pegar no outdoor foram: Farm, Fábula (sim a Fábula, linha infantil da Farm), Patachou, Ralph Lauren, Colcci, Forum Lingerie, Puma, Totem, Nike, Lacoste, Everlast, Ralph Lauren, Play Size, dentre outras.

Uma parte destinada a novos talentos traz muitos produtos de gente que está começando agora. E uma parte cultural, com shows musicais e uma parte para alimentação (para o marido, namorado ou mãe sem paciência).

griffe
Eu já fui em vários destes bazares e dou umas dicas quase vitais para sair com boas compras:

– faça uma pesquisa prévia do que você precisa, para ir direto ao assunto;

– gosta de alguma marca? pesquise nos sites as coleções anteriores para saber o que vai encontrar lá aproximandamente;

– vá de calça, blusa que não amassa muito e sapato fácil de tirar (tipo sapatilha). Por que? Em muitos stands o espaço para experimentar roupa quase não existe, ou então é disputado. É muito comum comparilhar o mesmo espaço com outras pessoas experimentando, e eu não fico muito a vontade em mostrar minha calcinha para a outra, nem a minha celulite (que não sai nem com reza braba…) ;

– Alguns clássicos podem ser achados em bazares: calça jeans, tricô, sapatos sociais (scarpin), sapatilhas, camisetas básicas, regatas…. enfim, a gente compra e não se arrepende. Vale a pena fica de olho;

– fique de olho na sua bolsa e nas peças que você escolheu. Meliantes estão em todas as partes;

– vá com tempo. Esta coisa de ir na hora do almoço as vezes é critica, pois muita coisa pode passar batida (peças que você não viu, comprar coisas com defeitos), ai rola depois aquele arrependimento em cima da compra da colega que foi, garimpou horas e voltou com otimas compras;

– por um consumo consciente: roupa um numero a mais, um numero a menos, roupa que tem que arrumar, dar um jeitinho, pense bem. Ela pode sair mais cara que você imagina (afinal a gente pensa que a costureira pode fazer milagres, mas ela não é santa tá?! E cobra pelos semi-milagres, quant mais dificil, mais caro o conserto);

– E por fim, paciência. Ela faz com que você procure, escolha a melhor peça, e te ajuda no quesito $$.

Infos básicas:

De 6 a 22 de novembro, no Minascentro (rua Guajajaras, 1.022, centro). Das 12h às 22h (segunda à sexta-feira), e das 11h às 21h (aos sábados e domingos)
Ingresso: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia)
Informações pelos tels.: (31) 3261-3930 ou 9616-9159 ou http://www.griffeshow.com.br

Novidadinhas no bazar

Shadow-Stripe-Shopping-Bags

Novos itens no bazar meninas! Corram!

🙂

Mercado das pechinhas