• as últimas do twitter

  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 139 outros seguidores

5 lições de elegância em um trailer

Este é o trailer do filme How to steal a Million (Como roubar um milhão de dólares), com a boneca Audrey Hepburn. Este filme é famoso, mas não tão famoso como o Breakfast at Tiffany´s (Bonequinha de luxo).


O legal do trailer é ver algumas tendecitas do inverno (te amo Vanessa! colocou o trailer no blog do Liceu, deu um foco na make e quando vi ele é tudo que quero para o inverno).

1- Tudo preto: porque o preto voltou com força no inverno, vamos aderir né?

2- meias com texturas, no caso rendada: usada com atenção ela fica linda, nada vulgaresca

3- Vestidos de manga longa: um pouco mais curtos e com meia calça, quero que neve. rs.

4- Casaco estilo trench coat como vestido: na mesma onda da manga longa

5- Cinto na cintura, sempre. Mocinhas agradecem.


Tá nos meus Favoritos: Miroslava Duma

Quem é Miroslava Duma? É uma milonária russa, casada com outro milonário russo. Além de ter “bala na agulha”, Mira é cobre eventos para a Harper’s Bazaar russa. Bom, o que me chamou a atenção nela? Um cabelo maravilhoso, estou com vontade de voltar a franja e castanho power já! O estilo dela é peculiar, mistura o clássico com o étnico, uma boneca russa contemporânea.

Então a escolhi para os favoritos de hoje, porque ela é minha inflência para o inverno… junto com a Parlemona né? ( Te amo amiga, mas não me odeie se eu sair com a Mira hoje tá? rs)


Cinza

Escolher uma cor neutra é uma sábia escolha.

O nude cresceu de 3 temporadas “prá” cá, mas o cinza, junto com o preto, é a cor do inverno,  não pesa tanto quando to pretinho básico. A gama de cinzas é tão grande que montar uma escala, e escolher o cinza de acordo com a temperatura, com as outras peças, e saber que as interferências dele serão poucas em outras cores. Chique também misturar gamas de cinza na mesma produção.


Onça

A onça deixou o seu lado perua e alcançou as ruas como sinônimo de elegância. Mas como usar a onça sem ficar peruona? Bom, eu uso onça em detalhes, até tenho um vestido de onça, mas em tom azul, só usando muito a imaginação para ver que aquilo é onça. Voltando aos detalhes, a verdade é que este detalhe pode ser uma peça, uma blusa, uma saia, lenço, bolsa, sapato, cinto, acessórios em geral. Agora o que faz a diferença são os materiais. Evitem ao máximo sintéticos, sabe aquele lenço de seda que só de esquentar ele já derrete? Evite. Este da Miroslava parece de algodão. Couros com pêlos, evite também, além de dar um trabalho do cão para limpar, é meio estranho, acho que no sapato até passaria, mas bolsa e cinto, que ficam muito próximas e são tocadas com frequencia, é estranho. Ainda estou a procura do meu lenço de onça, vou achar ainda…



Xadrez

Uma peça xadrez é um investimento. Para isso prefira itens como casacos, calças e saias, de cortes mais clássicos e de padronagens atemporais, e cores neutras. Acho lindo aquele vermelho e verde escocês, mas é datado e super limitado nas combinações. Assim como a onça, ele pode ser incorporado a outras padronagens e estampas, mas lembre-se sempre, escolha uma única para aparecer, e a outra de segundo plano.

Maquiagem

Olha que olhinho mais lindo, pequenininho, pretinho e expressivo, uma boneca russa mesmo. A maquiagem da Mira é simples não vi fotos dela de olhos fechados, mas imagino que seja lapis preto delineando os cílios superiores e a metade externa dos cílios inferiores. Uma sombra preta ajudando a esfumar o delineado superior, e o pincel sujo em baixo. Rímel demais, blush rosadinho bem tímido e a boca rosa, leve, o batom é tão leve que poderia ser até um gloss.

Hoje vou assim de Olivia Palermo

Eu adoro a Olivia Palermo, mesmo ela sendo uma “ordinária” no The City. Mas o que fazer se ela veste bem pra caramba?!

Fato é que ela está na Vogue Inglesa (adoro a Vogue e Elle Inglesa, vale a pena olhar sempre), em um projeto que se parece com o da Cris Guerra do blog Hoje Vou Assim, de postar como ela se veste diariamente. Para acessar e acompanhar o dia a dia da Olivia durante o mês de abril só ir no site da Vogue. Tem também Alexa Chung em fevereiro, e Rosie Huntington-Whiteley em março.


Eu selecionei esta foto, pois adorei a navy revisitada: (não preciso falar na Birkin, já morri…)



Esta blusa navy invertido, com lantejoulas na parte de cima e nas mangas é do estilista Markus Lupfer, no site dele são feitas vendas, esta blusa está 285 libras (ah? é isso mesmo). Muito Luxo, mas eu passo. O bom que dá para ver outras peças que são mais fáceis de fazer em casa… rs..



Te amo Olivia, nas quem consegue te acompanhar $$$?

Look para copiar: 13 de março de 2010

Hoje o look para copiar tem música!



por que? Look todo preto: vestido preto mais ajustado, meia preta opaca e sapatilha de paetê. A sapatilha dá o toque, fica diferente. Vou adotar o look para o meu inverno!

foto: campanha Corello inverno 2010

Quem é Marina de la Riva?

Uma cantora brasileira (sim, ela nasceu no Rio), de pai cubano e mãe brasileira. Fez canto lírico, hoje canta popular, e mescla as heranças brasileiras e cubanas em suas músicas. Coloquei estes video, a qualidade nem está tão boa, mas dá para ver Marina cantando Taí.

Momento Inspiração!

Recebi o informativo da Cupcake e nunca reparei na maquiagem, e hoje foi o dia… gente, que make maravilhosa, vou copiar com certeza! Creditos do Cacá Zech (me maquia?? rs), virei sua fã!


Pelo que eu pude entender, os olhos tem o côncavo bem marcado com sombra marrom mais escura e com esta mesma sombra os cílios inferiores esfumados, com uma sombra marrom cintilante, passe por cima, no côncavo para dar uma pinta de glamour. Sombra clara (tipo champagne) na palpebra, cílios postiços e delineador. Lábios com um leve colorido, mas rolaria um batom matte básico com o gloss só no meio para abrir o bocão.

Efeito de Rycah minhas meninas!

Só no fast fashion!

Se você amiga, se sente deprê porque não pode comprar coisas de marcas caras e badaladas, sinta-se reconfortada com a foto da diva Palermo, com carinha feliz (ela não fica com mais felicidade que isso, pode reparar) com suas sacolas da Topshop.

Não é só de marcas que se vive, se antes as lojas de departamento, as fast fashions eram vistas de forma ruim, agora elas são bem atenadas e oferecem peças que te deixam na modinha sem gastar muito. Ai vai ter gente que vai pensar, e a qualidade? Algumas coisas podem ter a qualidade e materia prima inferior, mas vejo tanta marca que não passa no meu controle de qualidade…

Prova disso são as coleções da C&A em parceria com estilistas e marcas famosas, a nova coleção da Renner de inverno e a coleção da Riachuello de verão que veio cheio de regatas e camisetas podrinhas , fluo e tachas! Isso sem contar a Hering que saiu da era da camiseta e oferece uma variedade de produtos grande e estampas lindas.

Certas peças eu ainda acho que são investimento, como uma camisa social, um blazer com materiais bons, um jeans bem ajustado, enfim, peças que são clássicas que você compra agora e usa a vida toda (ou quase). A modinha, aquela peça que você pensa “vou usar no máximo 3 vezes” ela pode ser comprada numa lojinha mais barata, com qualidade um pouco inferior e preço infinitamente mais baixo, sem culpa, sem remorço e sem vergonha (no ótimo sentido).

Ai, deste jeito nem doí (no bolso) seguir certas tendecitas! Né Palermona?! rs

Prefiro lembrar dele assim…

Este vídeo é uma holografia (tecnica de apresentação de imagens em 3 dimensões) feita para um desfile de Alexander McQueen (1969-2010) . A modelo é a diva Kate Moss, que participou da realização da holografia, mas fato, ela não estava lá, pois a holografia se assemelha a um video.  O desfile foi em 2006 e hoje estou sem palavras, pois Alexander nos deixou.


Mas é melhor lembrar dos bons momentos…




Quer saber mais sobre holografia, aqui explica bem: Clique!