• as últimas do twitter

  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 139 outros seguidores

Acabou!

Ufa!

Acabou o Fashion Rio. Não sei se vocês repararam, mas postei a cobertura atrasada. E que alguns desfiles não apareceram. Tudo de propósito. Selecionei fotos que achava relevante, que batia o olho e gostava.

Hoje eu já vi vários textos falando sobre o que comprar, o que está in e out de acordo com o Fashion Rio. Sei que estava tudo muito parecido e chegou uma hora que eu cansei e dei uma pausa.

Fui desenhar um pouco, um exercicio que faço quando estou cansada e cheia de trabalho (não dá para trabalhar de cabeça cheia né?) e liguei a televisão para fazer um barulho de fundo. Me concentro com barulho. A televisão estava o GNT, assim como ficou durante todos os dias do FR. Passava uma matéria desfile da Maison Chanel, de primavera/verão 2010. Deixei, pois sabia que a qualquer hora passaria Lily Allen saindo da terra e cantando Not Fair.

Jeanne, do Fashion Television entrevistava Karl Lagerfeld, em um determinado ponto, já em companhia de Lily Allen,  ele disse uma frase que me chamou a atenção e me fez pensar. Jeanne perguntou a Lily o senso de moda dela começou depois que ela passou a frequentar a Maison Chanel, Karl respondeu, nem deixando brecha para Lily: Lily é uma personalidade, não um cabide.

Comecei um exercicio, separei as fotos que gostei e estou desenhando. São peças que gostaria de ter,  a partir do que foi mostrado. Já citaram as tendências, da “regras” que colocam todo final de coleção. Quer que eu cite algumas? Ombros marcados a la Balmain, babados, azul como a cor do momento, lurex, peças com toques militares… e outras que a Gloria Kalil já citou neste artigo aqui.

Ah como assim? Então é para esquecer tudo que foi visto? Não. O pulo do gato é filtrar as tendências, para que elas caibam direitinho no nosso estilo, na nossa personalidade, como disse Karl. Não é porque todo mundo está usando um casaco militar eu eu tenho que ter um, sendo que eu não gosto. Mas adoro uma transparência e acho que ela será bem vinda no meu armário. Assim que a coisa funciona, é ver o que você gosta e investir nisso, e não no todo.

Em resumo, usar roupas que tenham a ver com você, e assimilar as tendências se respeitando, respeitando o seu estilo. Niguém é obrigado a mudar de guarda-roupa em cada estação, nem de vestir algo que não gosta.

Se depois, vocês quiserem ver a minha seleção, em forma de desenho eu coloco aqui, mas acho que isso é tão pessoal, como você na sua casa fazer uma listinha ou então salvar no seu computador fotos em uma pasta “peças que amo”/”vou ter um dia”.

O video da entrevista: http://watch.fashiontelevision.com/collections/seasons/collections-spring-summer-10/clip234937#clip234937

Até o spfw, pois tá quase confirmado que eu vou rs.

bjbj

Camis

Anúncios

Logo que vi, gostei: Andrea Marques

Desfile de inverno da Nica Kessler, 13 de janeiro de 2010.


Gostei de:

– pegada romântica

– alfaiataria trabalhada

– calça mais largas

– ombros marcados, bufantes

ps.: aceito a coleção toda, adorei.

Logo que vi, gostei: Nica Kessler

Desfile de inverno da Nica Kessler, 13 de janeiro de 2010.

Gostei de:

– pegada romântica

– babadinhos

Logo que vi, gostei: Redley

Desfile de inverno da Redley, 12 de janeiro de 2010.

Gostei de:

– toque esporte

– cartela de cores: escala de cinza, do claro ao escuro


Logo que vi, gostei: Espaço Fashion

Desfile de inverno da Espaço Fashion, 12 de janeiro de 2010.

Gostei de:

– ombros em evidência

– vermelho como cor vibe, fazendo um par com o preto iluminado.

Logo que vi, gostei: Têca

Desfile de inverno da Têca, 12 de janeiro de 2010.

Gostei de:

– brilhos em detalhes

– preto com preto, alterando as texturas e materiais

– vestidos romantiquinhos com pitada de glamour (brilho tá?)

Logo que vi, gostei: Juliana Jabour

Desfile de inverno da Juliana Jabour, 11 de janeiro de 2010.

Gostei de:

– Cartela de cores: taupe, cinza, laranja e o verde azulado

– babadinhos em malhas, como a Juliana sabe fazer muito bem

– bolsas, que é aquilo? adorei, foge do já cansado Chanel 2.55